Saturday, November 29, 2014

VISITA DE TRABALHO DA CDU EM COLARES!









Este sábado, a CDU (PCP/PEV) promoveu uma visita/encontro com a população das localidades de Azóia, Atalaia,Ulgueira e Penedo na freguesia de Colares.
Nesta acção de contacto, que contou com presença do Vereador Pedro Ventura e alguns activistas locais da CDU, foi possível tomar conhecimento com alguns problemas e questões concretas, nomeadamente em: 

Azóia:
. O estado do pavimento da Estrada Nova que liga a Azóia à Ulgueira;
. O Autocarro 403 (assunto que tem merecido diversas acções da CDU, a última na Assembleia Municipal no passado dia 25 de Novembro);
. Uma questão concreta da solicitação de iluminação no mercado de levante.

Atalaia:

. O escoamento de águas e do estado do ramal da EN 247 com a Estrada Nova, neste localidade.

Ulgueira:

.Visita à Igreja de Nossa Srª da Conceição (a que muito agradecemos a disponibilidade e o renovado  convite da D. Odete);
. O estado do caminho na Rua das Camélias/Rua dos Jasmins;
. O pavimento do Parque Infantil (reiterada reclamação da CDU nas diversas instâncias institucionais).

Penedo/Qtª do Alto:

.O estado do pavimento na Quinta do Alto;
. O muro caído nas Casas Novas que mereceu, igualmente, uma intervenção da CDU na última Assembleia Municipal.

A CDU persiste em prosseguir a sua actividade regular junto das populações, dos seus problemas e no pugnar pela sua resolução dos mesmos, no exercício das responsabilidades assumidas e na concretização das propostas avançadas no seu programa eleitoral. Uma maneira diferente de fazer política e as pessoas bem o destacaram nesta iniciativa!






Tuesday, November 25, 2014

A CDU VISITA A AZÓIA, ULGUEIRA E ATALAIAS ESTE SÁBADO!

Visita/Encontro com a população na Azóia, Ulgueira e Atalaias

dia 29 de Novembro (sábado), pelas 10 horas, com a presença do Vereador da CDU (PCP/PEV), Pedro Ventura.



Assunto: questões relacionadas com estas localidades e outros de interesse da freguesia de Colares.





PARTICIPE!

Sunday, November 9, 2014

MAGUSTO PCP EM COLARES



Algumas fotos do Magusto do PCP realizado em Colares, este sábado dia 8 de Novembro, evocando o 97º aniversário da Revolução Russa e recordando saudosamente o Camarada Gil aproximando-se a data do seu do seu aniversário, a 11 de Novembro.
A intervenção política foi proferida por Paulo Paixão, da Comissão de freguesia do PCP em Colares e Ana Gusmão da Comissão Concelhia do PCP em Sintra.
Esta iniciativa contou ainda com uma emocionada homenagem ao Cante Alentejano, a propósito da sua candidatura a património imaterial da humanidade, e um momento teatral de intervenção onde foi apresentado, quase em estreia e com actores espontâneos presentes na sala, a nova peça do Colectivo "Boinas e Cartolas", o "TecnoQueijo".

Thursday, October 30, 2014

MAGUSTO EVOCATIVO DO ANIVERSÁRIO DA REVOLUÇÃO RUSSA E DO CAMARADA GIL

DIA 8 DE NOVEMBRO PELAS 16 HORAS

CASA DOS FRANGOS - COLARES

CASTANHAS, BIFANAS, CALDO VERDE E BEBIDAS 

MOMENTO CULTURAL

NÃO FALTE!!!

Thursday, October 2, 2014

MOÇÃO CDU PELO TRANSPORTE PÚBLICO DE QUALIDADE - AUTOCARRO 403

A CDU (PCP/PEV) apresentou na última Assembleia de Freguesia em Colares, realizada no passado dia 26 de Setembro, uma moção que expressa os problemas identificados com o Autocarro 403 e que já motivou diversos protestos da população, exigindo à empresa Scotturb a rápida resolução dos mesmos. A moção foi aprovada por unanimidade.


MOÇÃO

 

AUTOCARRO 403 – PELO TRANSPORTE PÚBLICO DE QUALIDADE

 
Considerando que em Colares o serviço de transporte público é prestado pela empresa Scotturb e que o autocarro 403 que faz a ligação Cascais Terminal a Sintra Estação persiste em circular na freguesia sem lugares disponíveis, lesando a população, nomeadamente a comunidade escolar com o início do ano lectivo, o que já motivou diversos protestos e reclamações dos utentes.

 
Considerando que a empresa Scotturb tem como missão e definido como princípio a satisfação dos seus clientes, através da compreensão das suas necessidades, conquistando a sua confiança com um serviço de transporte público seguro, confortável e de qualidade.

 
A Assembleia de Freguesia de Colares, reunida a 26 de Setembro de 2014, exige que a Empresa Scotturb tome as medidas necessárias para a resolução dos problemas identificados com o Autocarro 403 e que cumpra a sua missão pelo serviço de transporte público de qualidade a que a população de Colares tem direito.

 
Esta moção após a sua aprovação será endossada à Administração da Empresa Scotturb, ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra e ao Sr. Presidente da Assembleia Municipal.

 
Colares, 26 de Setembro de 2014

 

           

Tuesday, September 23, 2014

CDU CONTRA PARQUIMETROS


A CDU entregou no passado dia 19 de Setembro, no Gabinete da Apoio ao Munícipe da Câmara Municipal de Sintra, à entrega de mais de 5 mil assinaturas, recolhidas no Concelho de Sintra, contra a implementação de Parquímetros.
A população das Freguesias a serem abrangidas pela colocação de Parquímetros soube demonstrar, através da massiva subscrição do abaixo-assinado da CDU, que tal medida é contrária aos seus interesses, é desajustada da situação económica e social, e que não é solução para a resolução dos muitos problemas de mobilidade que as Freguesias apresentam.
A Luta pela defesa do espaço público e pelo não aos parquímetros irá continuar.
 

Friday, August 8, 2014

Tuesday, July 1, 2014

INTERVENÇÃO CDU NA ÚLTIMA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA EM COLARES


Na Assembleia de Freguesia realizada no passado dia 27 de Junho,  a CDU (PCP/PEV) colocou as seguintes questões locais antes da Ordem de Trabalho definida para esta reunião :

1- Ponto de situação do novo Protocolo do Ringue da Praia das Maçãs,

2- Reiterar o alerta para o pavimento na Quinta do Alto;

3- Ponto de situação do Muro nas Casas Novas;

4- Ponto Situação da intervenção de consolidação das arribas que tiveram início nas Azenhas do Mar;

5- Ponto de Situação sobre as obras no Mercado da Praia das Maçãs;

6- Ponto de situação sobre a concretização de um espaço de apoio ao Auto-caravanismo;

7-Ponto de Situação do Parque Campismo da Praia Grande;

8- Nota dos alertas de utentes para o autocarro 403 que circula na freguesia sem lugares disponíveis;

9- Pedido esclarecimento para a possibilidade de Pesca Desportiva na Várzea de Colares após o repovoamento de novos peixes;

10-Na “Presidência Aberta” o Sr. Presidente da CMS referiu algumas intervenções na freguesia que ainda não tiveram início, nomeadamente a rotunda junto à Escola da Sarrazola, Balneário Público na Praia Grande, o estacionamento no Cabo da Roca…Qual o ponto de situação das mesmas?

11- Em relação ao alerta que a CDU fez na última AF para a má localização de um sinal STOP no entroncamento da Rua da Esperança com a Rua da Mofina,  a situação continua por resolver;

12- Proposta de incluir agentes culturais locais ou sugerir espaços da freguesia na programação do próximo Festival de Sintra, que assinala em 2015 os 50 anos deste evento;


A CDU apresentou igualmente duas moções: Uma "Contra o Estacionamento Pago nas Praias da Freguesia de Colares", aprovada por unanimidade e outra "Pelo Aumento do Salário Mínimo Nacional" que exigia « o aumento imediato do Salário Mínimo Nacional para 515 euros no quadro de um processo progressivo que fixe esta remuneração em 600 euros mensais.» foi aprovada só com o voto da CDU e um voto do Movimento SCMA e a abstenção dos restantes eleitos presentes (3 PS+5 SCMA).
 
 

Sunday, June 15, 2014

ACABAR COM A POLITICA DE DIREITA! GOVERNO RUA! MANIF 21 JUNHO


 

http://www.cgtp.pt/images/images/2014/05/manifesto-14e21.pdf
 
 
Autocarro para a manifestação em Lisboa com saída às13H50 junto aos Bombeiros de Colares
(inscrição tlm: 916 446 540)

NÃO AO ESTACIONAMENTO PAGO NAS PRAIAS DE COLARES!

 
 
Sobre o Projecto de Primeiras Alterações ao Regulamento de Trânsito e Estacionamento do Município de Sintra que prevê o estacionamento pago em 13 zonas do Concelho, onde se inclui a Praia da Adraga, Grande e Maçãs, a CDU manifesta o seu desacordo em relação à implementação do projecto de primeiras alterações ao regulamento de trânsito e estacionamento do município de Sintra, sublinhando que:
1.      Continua a não existir um estudo do custo/benefício para as populações e os comerciantes visados pela colocação de parquímetros nas zonas referidas no regulamento;
2.      A colocação de parquímetros deveria de ser a excepção, e ainda assim, acompanhada por um estudo de circulação e pela definição de políticas de incentivo ao uso do transporte público, tais como:
a.       Estacionamento gratuito nos parques dos interfaces para todos os portadores de título de transporte válido;
b.      Aposta clara no passe social com alargamento das coroas;
c.       Aumento da oferta (horários e itinerários) de transportes públicos rodoviários e ferroviários, bem como a sua articulação;
d.      Estudo de circulação com o objectivo expresso de privilegiar os transportes rodoviários;
3.      Esta proposta da Câmara Municipal de Sintra significa tarifar por tarifar, salvaguardando a saúde financeira da empresa de estacionamento e criando uma nova fonte de rendimento. Qual a mais valia para a população ao tarifar o estacionamento nas zonas balneares, por exemplo;
4.      No que concerne à implantação de estacionamento pago na área referente ao edifício municipal do Urbanismo a mesma irá afectar centenas de trabalhadores do município que se deslocam dos mais diversos pontos do Concelho, assim como outros trabalhadores, que tem sofrido as medidas de redução salarial implementadas pelo governo nos últimos anos.
5.      Não deixa de ser curioso o facto de no projecto de regulamento não estarem incluídas as tarifas que serão praticadas, tal permitiria avaliar de forma mais concreta o impacto que a população de Sintra poderá vir a sentir, o que, para além do acima referido, mostra uma vez mais, não apenas a debilidade desta proposta como os seus reais objectivos.
 
 

Saturday, June 7, 2014

O Penedo mobiliza-se pelas obras no Muro das Casas Novas



Esta quinta-feira, a população do Penedo concentrou-se no Largo do Chafariz e desfilou até ao local do Muro que ameaça ruir nas Casas Novas para acompanhar a vistoria dos Serviços Técnicos da Câmara Municipal de Sintra que se realizou nesse dia.

A Comissão de Moradores, recentemente formada, convocou esta concentração para pressionar à resolução deste problema que se arrasta há meses e que lesa a população na sua circulação normal pelo facto de a estrada estar cortada no local, o que impede ou dificulta muito o acesso aos serviços e às necessidades mais básicas.

Os responsáveis da CMS confirmaram que vão dar ínicio ao processo da notificação do proprietário para efectuar a reparação do muro e se isso não acontecer será accionada a posse administrativa e a obra é realizada coercivamente pelo município.

A Comissão de Moradores e a população do Penedo estarão vigilantes, pois como referia o apelo da concentração: «Estamos fartos de esperar. A Obra tem de avançar!»

 

Wednesday, June 4, 2014

CDU CONTRA A IMPOSIÇÃO DE 13 ZONAS DE ESTACIONAMENTO PAGO


 
 
 
Estando em fase de apreciação pública o Projecto de Primeiras Alterações ao Regulamento de Trânsito e Estacionamento do Município de Sintra, a CDU apresentou esta quarta-feira no Gabinete de Apoio ao Munícipe (GAM) em Sintra a sua posição política sobre este importante assunto, que terá um impacto bastante negativo para quem vive e trabalha no Concelho .
A CDU critica este projecto de alteração ao regulamento de trânsito e estacionamento,  pois não reflecte o necessário aumento dos lugares de estacionamento, não promove a optimização da circulação de veículos e peões, e diminui as áreas em que os habitantes das áreas abrangidas em várias freguesias podem estacionar gratuitamente.
O regulamento em discussão prevê o alargamento das áreas de estacionamento pago, bem como a criação de novas zonas, nos seguintes locais: Vila de Sintra; Estefânea; Portela; Mem-Martins; Rio de Mouro; Agualva-Cacém; Massamá; Monte-Abraão; Queluz Sul; Queluz Norte; Praia Grande; Praia das Maças e Praia da Adraga.

Monday, May 12, 2014

CDU: defender o Povo e o País





 
  




 




















Imagem de mais uma acção da CDU na Freguesia de Colares no âmbito da campanha eleitoral para o parlamento europeu. Uma acção que foi  precedida por uma visita do vereador Pedro Ventura ao Mercado Gourmet que se realizou este fim de semana em Colares.


Mais informações: http://www.cdu.pt/parlamentoeuropeu2014/

Friday, May 9, 2014

COLARES DE 3 VOLTAS E APECACO

 
 
 
 
Na reunião de Câmara pública ontem realizada o vereador Pedro Ventura apresentou duas propostas relacionadas com a Freguesia de Colares.
Uma delas diz respeito à criação do Programa de Roteiros “Colares de Três Voltas”, que visa a promoção turística daquela Freguesia, nas vertentes do património natural e Cultural, Desporto, Vinho e Gastronomia. Este projecto pretende, igualmente, reforçar a valorização de um todo, o Concelho de Sintra, com o melhor de uma das suas partes integrantes, a Região de Colares. Esta proposta foi acolhida com interesse pelo restante Executivo Camarário, tendo ficado assente o seu enquadramento em acções futuras a serem levadas a efeito com a Junta de Freguesia de Colares.
O Vereador da CDU apresentou ainda a proposta de a Câmara Municipal encontrar uma solução para a APECACO, visto que esta Associação, que nasceu da devoção e simpatia de um grupo de amigos pelo desporto, nomeadamente pela caça e pesca, precisa de encontrar rapidamente um novo local para a sua sede. O Executivo Municipal assumiu esta necessidade tendo ficado de estudar as possibilidades colocadas para a instalação da Sede da Associação.

INTERVENÇÃO CDU NA A.F. COLARES



 

Na última reunião da Assembleia de Freguesia de Colares (A.F.), realizada em 23 de Abril, o eleito da CDU (PCP/PEV) na sua intervenção inicial alertou e questionou sobre as seguintes questões locais:


1-Alerta para a má localização de um sinal STOP no entroncamento da Rua da Esperança com a Rua da Mofina, pois o sinal está colocado alguns metros antes do local correcto e ocultado por uma sebe;

2- Alerta para uma situação de águas pluviais que cruzam a via e empossam na rua dos Canaviais com a Serra Mãe;

3- Alerta para a urgente requalificação do Parque de Merendas na zona da Peninha e a proposta de alargar a oferta deste tipo de estrutura a outros locais da freguesia;

4- Alerta para os bebedouros públicos na Praia das Maçãs que não têm água;

5- Ponto Situação do Muro que ameaça ruir no Penedo;

6- Ponto de Situação sobre a construção de um Ecocentro na Freguesia e se existem novidades referentes à situação do Parque Campismo da Praia Grande;

Sobre a questão do muro que ameaça ruir na zona das Casas Novas (Penedo), a CDU propôs e contribuiu para a redação de uma pronúncia unânime da A.F. que exige à CMS e demais entidades envolvidas a rápida resolução desta situação que se arrasta há muitos meses, lesando a população no acesso à povoação e à circulação junto a este local, conferindo uma situação grave de segurança pública.

 

A CDU informou, também, que a proposta de requalificação da Praia Grande, apresentada pela CDU, já careceu de apreciação pelos serviços técnicos da CMS e deu nota positiva ao Festival do Mexilhão, realizado no requalificado espaço do Mercado da Praia das Maçãs, pois considera que é um evento que se justifica numa freguesia com características tão particulares e singulares, como é o caso da Freguesia de Colares, que devem ser potenciadas e desenvolvidas no incremento da actividade económica, nomeadamente na área do turismo.

 

A CDU apresentou duas Moções: “Portugal tem Futuro com a Constituição e os valores de Abril” e “ Pela Reposição das Freguesias”. A primeira moção que se referia ao 25 de Abril de 1974, às suas conquistas e a necessidade de inscrever os seus valores no futuro de Portugal e aos 40 anos das comemorações do 1º de Maio em liberdade, foi REPROVADA por acção dos eleitos do Movimento Marco almeida. A segunda moção, que reafirma a exigência de devolução das freguesias liquidadas, conforme a vontade das populações e manifesta a oposição ao projecto de destruição do Poder Local Democrático, exigindo que, no respeito pela C.R.P., a autonomia administrativa e financeira do poder local seja respeitada, foi APROVADA por maioria com os votos da CDU, do PS e de dois eleitos do SCMA.

 

A CDU endossou, igualmente, uma Saudação aos trabalhadores da HPEM que estiveram em greve entre 8 e 11 de Abril, com grande espirito de luta e coragem, na defesa dos seus direitos, remunerações e do serviço público de qualidade.

 

No concerne à Ordem de trabalhos e à apreciação da Conta de Gerência 2013 e à Revisão do Orçamento e do PPI 2014, os documentos foram aprovados por maioria com a abstenção da CDU. A CDU questionou o executivo sobre o Protocolo do Ringue da Praia das Maçãs que termina em Maio, tendo sido explicado que está a ser preparado um novo Protocolo.

 

Sunday, April 20, 2014

Autocarro de Colares para o DESFILE DO 25 DE ABRIL EM LISBOA

Autocarro com partida junto aos  Bombeiros Voluntários de Colares às 13h30 de dia 25 de Abril
Obs: carece de inscrição prévia

Thursday, March 6, 2014

Sunday, February 16, 2014

CDU VISITA ULGUEIRA, PENEDO E EUGARIA

 
 
 
 


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Este sábado, alguns membros da estrutura local da CDU em Colares visitaram as aldeias da Ulgueira, Penedo e Eugaria. Nesta acção foi possível verificar algumas questões relacionadas com os SMAS, nomeadamente: os sanitários públicos na Ulgueira, a Calçada de Stª Bárbara no Penedo e uma situação de águas pluviais na Eugaria.
A CDU em Colares prossegue o seu intenso trabalho de identificação de problemas na freguesia e no pugnar pela sua resolução, quer por via institucional quer no exercício das responsabilidades assumidas.

Monday, February 3, 2014

Saturday, January 25, 2014

PROPOSTA CDU PARA A PRAIA GRANDE

 
 
 
Proposta do Vereador Pedro Ventura, hoje apresentada em reunião de Câmara, para a Circulação, Estacionamento e Transportes para a Praia Grande.

A presente proposta tem como objectivo prioritário a Requalificação da Avenida Alfredo Coelho, ...de forma a potencializar esta área turística de referência no concelho de Sintra. Assenta no pressuposto de que é necessário viabilizar um programa de circulação automóvel que seja fluído; de que é necessário revitalizar o espaço público de circulação para o peão, com dotação de estruturas públicas de apoio balnear e de áreas de lazer; de que é necessário criar condições para o desenvolvimento das actividades económicas existentes e de outras que se possam vir a instalar.
Durante a Época Balnear, são conhecidos e negativamente destacados os problemas de estacionamento, da circulação automóvel e da falta de estruturas balneares públicas na Praia Grande.
Para que se possa requalificar esta parte do território, com a intenção de melhorar a sua qualidade paisagística e de veraneio, é desejável que seja retirado grande parte do estacionamento automóvel (I FASE) e que se altere a forma de circulação viária, com a abertura de uma estrada a Sul da Praia (II FASE). Uma intervenção que reserve a frente de praia para o usufruto do peão e que dote o local de áreas de lazer e de estruturas públicas que respondam às exigências de um reconhecimento nacional e internacional das qualidades naturais deste local. Um investimento potenciador da actividade turística e desportiva (III FASE). E para tal, propõem-se as seguintes 3 fases de intervenção:

I FASE (Estacionamento a montante)

1. Estacionamento alternativo em terreno junto ao cruzamento da Av. Maestro Frederico de Freitas com a Estrada do Rodízio, no sentido de Almoçageme;
2. Dotação de Balneários públicos e apoios à prática de desporto náuticos na Av. Alfredo Coelho.

II FASE (Circulação automóvel na Época Balnear)

I. Abertura de uma estrada: proposta de abertura de uma estrada, junto à rotunda do restaurante da Galé, que permita a circulação automóvel pela Rua da Lagoa de Baixo, passando pela Rua da Lagoa, até ao Cruzamento com a Estrada do Rodízio. Actualmente existe uma vereda e um caminho cimentado, já com saneamento efectuado, que dá acesso à Rua da Lagoa de Baixo. Esta nova rua iria permitir a circulação mais eficiente em toda a zona da Praia Grande, evitando os congestionamentos bem conhecidos que acontecem no Verão. Esta nova rua deveria só ser utilizada por viaturas ligeiras, excluindo pesados e de transporte de passageiros, dada a inclinação do sítio e a necessidade de se aproveitar todo o espaço sobrante para passeios.


II. Circulação: propõe-se a circulação automóvel apenas no sentido Norte-Sul, a partir da rotunda para os autocarros até à Rua da Lagoa. Considerando o acesso para moradores, nos dois sentidos, na Rua da Lagoa. Esta circulação parte do princípio que haverá a abertura da estrada descrita no ponto 1.

III. Transportes: Durante a época balnear e apenas durante o dia, poder-se-iam considerar meios de transporte especial para ligar a zona de estacionamento à praia.

III FASE (Requalificação da Av. Alfredo Coelho)

Retirando estacionamento e com apenas um sentido de circulação automóvel, haveria libertação de espaço para requalificar a Av. Alfredo Coelho e revitalizá-la para o peão, criando zonas de fruição e lazer.

AUTOCARRO PARA A MANIF COM PARTIDA DE COLARES














AUTOCARRO DE COLARES: 13H20 JUNTO AOS BOMBEIROS DE COLARES (carece de inscrição prévia)

Thursday, January 16, 2014

COMUNICADO DA COMISSÃO CONCELHIA DE SINTRA DO PCP






Confrontada com recentes informações relativas ao universo das Empresas Municipais do Concelho de Sintra, bem como à implantação de novos horários de trabalho para os trabalhadores do município, a Comissão Concelhia de Sintra do PCP presta os seguintes esclarecimentos:
 
Das Empresas Municipais
 
A proposta de reorganização das Empresas Municipais aprovada no anterior mandato, que a CDU viabilizou porque foi efectuada no quadro do combate uma lei injusta e limitadora para o Poder Local Democrático, procurava cumprir dois objectivos  imediatos: a manutenção dos postos de trabalho e do emprego público; a manutenção  dos serviços públicos com reconhecida qualidade.
 
A aprovação de uma proposta que permitiu manter os SMAS de Sintra como Serviços Municipalizados de Água e Saneamento, e das Empresas Municipais como estruturas que garantem serviços públicos de qualidade, resultou da força que os trabalhadores têm quando lutam pelos seus direitos e defendem o direito das populações aos serviços públicos. Foi isso que aconteceu em Fevereiro de 2013.
 
Neste momento, e de acordo com informações avulsas, é conhecida a vontade do PS em estabelecer um outro modelo de reorganização das Empresas Municipais de Sintra. Acontece que tal vontade apenas poderá avançar se forem cumpridos os preceitos legais exigidos para o efeito, ouvida e respeitada a opinião dos trabalhadores e das suas estruturas representativas, bem como das populações do nosso concelho.
O PCP reitera e insiste, uma vez mais, como tem feito desde o início deste processo, em Fevereiro de 2013, que a participação e o envolvimento dos trabalhadores municipais na tomada de decisões sobre o seu futuro é factor fundamental para a salvaguarda do serviço e do emprego públicos, dos direitos dos trabalhadores e das populações.
A Câmara Municipal de Sintra deverá dar cabal esclarecimento acerca do processo de fusão anteriormente aprovado, esclarecimento esse várias vezes solicitado pelo Vereador eleito nas listas da CDU.
Uma decisão democraticamente tomada pode ser alterada, mas implica sempre a condução de um processo que seja transparente, respeite os órgãos democraticamente eleitos no Município de Sintra e os seus trabalhadores, dando a conhecer de uma forma clara todas as diligências de/ou junto de quaisquer entidades, assim como as propostas em análise/estudo, e as alternativas, permitindo, desse modo, uma discussão ponderada, atempada e frutífera  e a tomada de decisõesque defendam os serviços públicos, os trabalhadores e as populações.
 
Face à situação de incerteza existente o PCP reafirma a sua total oposição a qualquer proposta de reorganização do sector empresarial municipal que:
 
-Ponha em causa  ou degrade a prestação do serviço público;
-Abra a porta a processos de privatização;
-Não garanta a totalidade dos postos de trabalho das actuais empresas municipais e o emprego público;
-Retire aos trabalhadores das empresas municipais direitos laborais (vínculos, remunerações, etc.) garantidos por acordos de trabalho dessas empresas.
Para o PCP é necessário que a totalidade dos trabalhadores da autarquia continuem a lutar contra as políticas do governo PSD/CDS-PP de ataque a quem vive do seu trabalho - nomeadamente os trabalhadores da Administração Pública central e local - ofensiva que põeem causa, não apenas os seus direitos, mas também a capacidade destas empresas e dos serviços municipais prestarem serviços públicos de qualidade.
 
Dos Horários de Trabalho
 
No vasto conjunto de medidas impostas no Pacto de Agressão, assinado pelo PS, pelo PSD e pelo CDS-PP com a troika estrangeira, avultam os ataques aos trabalhadores da Administração Pública. Desses ataques faz parte o aumento do horário de trabalho de 35 para 40 horas semanais.
Em acórdão recente, o Tribunal Constitucional deixou claro que o horário de 40 horas semanais devia ser entendido como horário máximo, podendo as entidades empregadoras e os sindicatos negociar convenções colectivas de trabalho com horários inferiores. Neste sentido, os sindicatos apresentaram Propostas de Acordo Coletivo de Entidade Empregadora Pública (ACEEP).
 
O PCP vem reafirmar ao conjunto dos trabalhadores do Município de Sintra, a sua total solidariedade na luta contra a imposição do horário das 40 horas semanais, ou de outros instrumentos de desregulação do horário e das relações laborais, tais como a adaptabilidade, o banco de horas (que permitem, entre outros graves retrocessos, jornadas de trabalho até 45 horas semanais), bem como o seu empenho na luta contra a chantagem imposta pelo Governo às autarquias e apela aos trabalhadores para que ampliem o esclarecimento, forgem a unidade e intensifiquem a luta por uma política alternativa que defenda e valorize o trabalho e os trabalhadores.
 
Janeiro de 2014, A Comissão Concelhia de Sintra do PCP

Wednesday, January 15, 2014

1 DE FEVEREIRO É DIA DE LUTA!


AUTOCARRO DE COLARES: 13H20 JUNTO AOS BOMBEIROS DE COLARES (carece de inscrição prévia)

ANIVERSÁRIO SPORT UNIÃO COLARENSE



A Comissão de Freguesia do PCP em Colares agradece publicamente o convite do Sr. José Feixeira, Presidente da Direcção, para a sessão comemorativa do 81º aniversário do Sport União Colarense.

 

A Comissão de Freguesia do PCP associa-se nas felicitações a este aniversário, endossando à Direcção e aos Sócios do Sport União Colarense os seus votos da continuação de um bom trabalho e de muito sucesso nas suas actividades futuras.

obs: foto gentilmente cedida pelo blog "Notícias de Colares"

PRESIDÊNCIA ABERTA EM COLARES



A “Presidência Aberta” que se realizou em Colares no passado dia 10 de Janeiro passou por diversos locais, onde foi possível tomar contacto com algumas questões e problemas concretos da freguesia. Problemas e situações concretas que têm motivado permanentes intervenções institucionais e iniciativas públicas da CDU, algumas delas foram referidas na última Assembleia de Freguesia realizada em Dezembro.

Intervenção da CDU:

Na última reunião da Assembleia de Freguesia de Colares, realizada no dia 12 de Dezembro, o eleito da CDU, José Alberto Dinis, questionou o executivo sobre os seguintes assuntos:

- O Ponto de Situação da venda do Espaço da Ex-Colónia de Férias da CP e do Parque Campismo da Praia Grande;

- Se a Junta de Colares recebeu o convite da ANAFRE para participar no seu Congresso a realizar em Fevereiro;

- E se, ao abrigo do novo regime de delegação de competências nas Juntas de Freguesia, o executivo pondera a colocação dos pavimentos adequados nos Parques Infantis da Freguesia.

A CDU propôs também a instalação de um Espaço de Apoio ao Auto-caravanismo junto à Escola encerrada da Azóia e a realização de uma Mostra Gastronómica na Freguesia, envolvendo a comunidade, associações, colectividades e agentes económicos locais e outros do concelho.

A CDU informou igualmente da intervenção do Vereador Pedro Ventura (CDU) em sede de Reunião de Câmara onde questionou o Sr. Presidente da CMS, na sua qualidade acrescida de presidir também à Organização das Cidades Património Mundial, sobre a Construção da Torre de Vigilância Costeira junto ao Farol do Cabo da Roca e da ausência da resposta à denúncia efectuada ao Sr. Embaixador de Portugal na Unesco.

José Alberto Dinis, na mesma reunião da AF, votou favoravelmente uma Moção do SCMA que se referia à diminuição das transferências de verbas da administração Central para os municípios e o ataque ao Poder Local em curso, e em declaração de voto oral aludiu a uma moção anterior da CDU onde se denunciava os efeitos nefandos das propostas inscritas no Orçamento de Estado de 2014 e se exigia uma outra política. A moção do SCMA foi aprovada por maioria, com 3 votos contra do PS.

Na discussão do Orçamento e nas Opções do Plano para a freguesia, a CDU questionou sobre o projecto para a requalificação da Praça e do Mercado de Almoçageme e sobre o projecto da ciclovia previsto, referindo igualmente o seu apoio à instalação de um ECOCENTRO, como consta no Programa Eleitoral da CDU e no reiterar da sua exigência na melhoria dos acessos ao Polo Educativo da Escola da Sarrazola. Após a discussão e análise dos documentos propostos, o Orçamento foi aprovado por maioria com a abstenção do PS e da CDU.

Tuesday, January 14, 2014

Sunday, January 5, 2014

Comício Evocativo da FUGA de PENICHE

Um Grande Comício, que contou com uma comitiva vinda de Colares, onde se finalizou o programa das comemorações do centenário do nascimento de Álvaro Cunhal que se prolongou por todo ano de 2013 e se dá início às diversas iniciativa relativas ao 40º aniversário do 25 de Abril.
«(...) Ficam os exemplos que nos dão força à nossa luta de hoje. À luta pela retoma dos caminhos de Abril e das suas conquistas que celebramos como uma das mais belas realizações do nosso povo. Uma luta norteada pelos seus valores de liberdade, democracia, emancipação social, desenvolvimento e independência nacional e pelo porvir de uma nova sociedade mais justa, mais solidária e mais fraterna, pela realização do socialismo.»

Ler a intervenção do Secretário Geral do PCP, Jerónimo de Sousa